Baixa Intensidade de Carbono

O cenário mineiro de baixa intensidade de carbono leva em consideração o cenário de referência e o compara com as ações mitigadoras de GEE definidas no processo participativo do PEMC, em 2014. Essas ações foram definidas de acordo com a potencialidade de cada setor, conforme discussões com cada Secretaria de Estado responsável. Foram definidas, nesta etapa, 38 medidas de mitigação para Minas Gerais conforme diretrizes e ações setoriais do PEMC.

O percentual total de redução de emissões no acumulado 2015-2030 em comparação ao cenário BAU chega a 9,38%, adotando medidas de eficiência energética, disposição adequada de resíduos, Plano ABC, proteção da biodiversidade, dentre outros. Quando somadas as reduções das metas federais, o potencial de redução no estado passa a ser de cerca de 22 a 25%. Vale ressaltar que nem todas as ações puderam ser estimadas por dificuldades metodológicas e ausência de dados. Portanto, assim que todas tiverem valores definidos, esse percentual deve aumentar.

 

       

                                                                           

 

©2013-16 Cidade Administrativa – GEMUC/FEAMRodovia 

João Paulo II, 4143, Bairro Serra Verde

Prédio Minas – 1 º andar

CEP: 31630-900 - Belo Horizonte/MG - Brasil - Todos os direitos de Concepção e Produção são reservados. agência Answeb