Governo Federal prevê cumprimento de metas setoriais de energia

O mais recente Plano Decenal de Expansão de Energia prevê um incremento de 75% da capacidade instalada por meio de fontes renováveis no período 2016-2026, sendo metade desse percentual de fontes renováveis não hídricas (solar, eólica e biomassa). O governo brasileiro espera que com essa trajetória seja possível cumprir tanto as metas da Política Nacional sobre Mudanças do Clima (2020) quanto às metas internacionais acordadas no Acordo de Paris (NDC do Brasil). No entanto, dos investimentos em infraestrutura, há ainda forte concentração em fontes fósseis de geração. Do total previsto, cerca de 71% deverão ser direcionados para o setor de petróleo e gás, 26% investidos em geração e transmissão e 2% para o aumento da oferta de biocombustíveis.

Saiba mais em: Site do Ministério de Minas e Energia

       

                                                                           

 

©2013-16 Cidade Administrativa – GEMUC/FEAMRodovia 

João Paulo II, 4143, Bairro Serra Verde

Prédio Minas – 1 º andar

CEP: 31630-900 - Belo Horizonte/MG - Brasil - Todos os direitos de Concepção e Produção são reservados. agência Answeb